Algumas atitudes dos cães são bem estranhas para nós, mas tudo tem um porque! Desvendamos 6 desses comportamentos para te ajudar a entender melhor seu peludo!
0

Atitudes Caninas: 6 respostas que todo dono de Cão sempre quis saber

Algumas atitudes dos cães são muito esquisitas não é mesmo? Reunimos 6 delas e respondemos o porque eles fazem isso frequentemente.

As atitudes estranhas para nós, acontecem principalmente porque os cães têm uma visão do mundo bem diferente da nossa. Cheirar as partes íntimas das vistas, saltar para cima das pessoas, puxar a guia durante o passeio e urinar de felicidade são alguns exemplos de situações embaraçosas com as quais os donos não sabem lidar.

1. Cheirar as partes íntimas das visitas

O Olfato é um dos principais sentidos dos cães. Para eles é normal conhecer um outro animal cheirando a glândula que se situa na parte traseira do corpo, logo abaixo do rabinho. É normal e instintivo que eles façam o mesmo com as visitas que vão na sua casa, mas isso é um tanto embaraçoso tanto para o dono quanto para o convidado.

Os odores transmitem diversas informações sobre o sexo, humor, idade e saúde de uma pessoa. Eles identificam essas informações através dos Feromônios. Os Feromônios são produzidos por glândulas espalhadas por todo o corpo, e estão presentes em maiores concentrações nas partes intimas.

A melhor forma de educar seu cão nessa situação é ensinando-o a sentar e obedecer o comando de ficar. Recompense-o toda vez que ele obedecer os comandos. É válido instruir o convidado à estender a mão para o animal cheirar e identificar quem ele é. Dizer “não faz isso”, “não cheira”, não irá resolver o problema.

Pular nas visitas é algo bem desagradável e o treinamento pode corrigir isso!

Pular nas visitas é algo bem desagradável e o treinamento pode corrigir isso!

2. Saltar para as visitas

Saltar nas visitas tem muito a ver com o tópico anterior, eles saltam para sentir os cheiros e reconhecer a pessoa. E também por que querem atenção. A melhor forma de corrigir esse comportamento também é ensinar que o cão sente e fique no lugar, recompensando-o sempre que fizer o desejado. Outra opção é ignorar e seguir para outra direção, assim ele entende que não terá a atenção agindo dessa forma.

Adestramento é a melhor saída, colocar o cão fechado em outra parte da casa só agravará ainda mais o comportamento. Se castigar e brigar sempre que ele saltar também o fará associar que visita é sinônimo de castigo e confinamento, comprometendo o treino.

3. Urinar por nervoso/excitação

Alguns donos relatam que o cãozinho faz xixi ao recepcioná-los de volta em casa. Isso não é vingança por tê-lo deixado sozinho, mas sim um sinal de submissão. Quando ficam nervosos ou excitados demais pode escapar um xixizinho.

Filhotes, cães com falta de confiança ou que passaram por situação de abandono/maus tratos, são mais propensos a fazer o xixi acidental!

Filhotes, cães com falta de confiança ou que passaram por situação de abandono/maus tratos, são mais propensos a fazer o xixi acidental!

Geralmente fazem isso filhotes, cães com falta de confiança, ou cães que passaram por situações de abandono/maus tratos. Se os donos reagirem fazendo festa, o cão entende esse gesto como uma recompensa pelo seu ato. O castigo também não é solução, pelo contrário, o cão entende isso como uma necessidade de reforçar a sua demonstração de submissão.

Nesta situação os donos devem ensinar o cão a sentar-se quando ouvir o comando “senta”. O cão sentado não consegue urinar. Os donos devem ainda trabalhar a confiança do cão. Uma forma é brincar com ele de jogos de força como o cabo de guerra e deixar ele ganhar alguns, mas não todos.

4. Ficar hiperativo quando volto para casa

O cão que salta, corre, late, gane, uiva, rodopia e derrapa quando o dono chega em casa é um cão que está pedindo atenção. Apesar da maioria dos donos ficarem lisonjeados e adorarem essa festa ao chegar em casa, não é saudável permitir tanto descontrole.

Mas uma vez o treinamento é essencial para acalmar e controlar as atitudes erradas do seu cãozinho. Já falamos sobre isso aqui. Por mais difícil que seja, ignore o seu cão ao chegar em casa e só lhe dê atenção quando ele se acalmar. Haja naturalmente, fazendo as tarefas habituais ao chegar em casa. Assim que notar que o peludo se acalmou, chame-o, mande ele sentar e dê carinho e atenção como recompensa. (Biscoitinhos também são bem-vindos! Veja receitas caseiras aqui). Repita todos os dias a mesma coisa. Depressa o cão entenderá que só assim receberá a recompensa e só depois de chamado pelo dono poderá recebê-lo com entusiasmo.

A festa pode até deixar os donos felizes, mas essa excitação toda não é saudável e deve ser controlada.

A festa pode até deixar os donos felizes, mas essa excitação toda não é saudável e deve ser controlada.

5. Puxar a Guia durante os passeios

Puxar a guia é uma das atitudes mais comuns entre os cães, e sobretudo é um problema de educação. O cão caminha à frente do dono quando considera ser o líder da família. Esse instinto foi herdado dos lobos em que o líder da matilha é aquele que guia o grupo caminhando à frente, escolhendo o caminho. Um erro comum é puxar o cão durante o passeio, instintivamente a reação dele será puxar para o outro lado, e o passeio se tornará um jogo de força.

O adestramento faz o cão aprender a acompanhar o dono e controlar a dominância do animal. O uso de coleiras e peitorais adequados também ajudam e muito nesse processo. Saiba mais aqui.

6. Portar-se mal enquanto estou ao telefone ou vejo televisão

Quando você está assistindo TV ou falando ao telefone, seu cãozinho faz de tudo para chamar a sua atenção. Começa sentando e olhando para você, quando o resultado esperado não acontece ele muda a tática.

Eles querem atenção! Basta o dono atender o telefone ou prestar a atenção na TV que eles fazem o possível para serem notados.

Eles querem atenção! Basta o dono atender o telefone ou prestar a atenção na TV que eles fazem o possível para serem notados.

Levam brinquedos para ver se você joga para eles irem buscar, se não funcionar, arranjam algum objeto proibido para você notar. Isso acontece porque estão acostumados a ter atenção o tempo todo. Para acabar com essas atitudes, sempre que o cão latir quando estiver no telefone/assistindo TV, associe algo negativo, geralmente um sinal sonoro que o incomode.

Deixe sempre brinquedos disponíveis para manter seu cão ocupado e para que ele possa se divertir sozinho!

 

Comentários

Lolita

Lolita

Mascote oficial do Pet shop Online Lolipet, sou uma misturinha de Husky Siberiano e Border Collie super querida por todos e muito esperta! Adoro brincar na praia, no parque, na lama e com a cachorrada toda! Sou uma cadela terapeuta e adoro dar carinho para quem precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *