Mordidas são a maneira que os filhotes encontram de aliviar o incomodo causado pelo nascimento dos dentinhos!
0

Como lidar com as Mordidas do seu Filhote

Receber mordidas de um filhote de cão é algo bem comum, mas não pode se tornar um hábito. Entenda porque eles mordem tanto nessa fase e saiba como lidar com esse comportamento.

Mordidas são a forma que os filhotes encontram para aliviar a coceira e incomodo nas gengivas causado pelos dentinhos que estão nascendo. Assim como nós, os cães nascem sem os dentes, e os dentes de leite começam a surgir entre 3 e 12 semanas de idade. Eles são bem finos e podem machucar. Aos 3 meses de idade, aproximadamente, inicia-se a troca dos dentes de leite pelos permanentes. Essa fase se estende até por volta dos 7 meses e poderá ocorrer vermelhidão, inchaço e irritação na gengiva, já que os dentes estarão rasgando a pele.

Por serem filhotes, as mordidas podem ser consideradas como brincadeira por quem está interagindo com eles, e dessa forma o comportamento pode ser reforçado e se tornar um (mau) hábito do cão. Por isso, é importante treinar seu cão para que ele não confunda as coisas.

O brinquedo da foto é o Bastão Geladinho da Petstages, que pode ser levado ao freezer e tem efeito analgésico para os dentinhos e gengiva.

O brinquedo da foto é o Bastão Geladinho da Petstages, que pode ser levado ao freezer e tem efeito analgésico para os dentinhos e gengiva.

Exercício e brincadeiras

O exercício é importante para o desenvolvimento e saúde dos cães desde filhotes. Independentemente da raça, os cães devem ser ativos e praticar exercícios diariamente. Assim como as crianças, que quando ficam entediadas se tornam hiperativas e talvez mais propensas a se comportar mal, o mesmo pode acontecer com os pets. Fazer uma longa caminhada ao redor da vizinhança ajuda seu cachorro a gastar sua energia em algo positivo. Uma alternativa também é levá-los para um parque de cães onde eles possam correr e brincar.

Além disso, é importante manter brinquedos diversos espalhados pela casa para entreter o seu cão. Isso inclui bolas, cordas, ossos, pelúcias e etc. Depois que descobrir o tipo de brinquedo que seu cão mais gosta; é importante ter sempre disponível para afastá-lo do tédio. Para ajudar a aliviar a coceira, os mordedores são fundamentais nessa fase. Experimente vários tipos de mordedores, de materiais e formatos diferentes. Os brinquedos que podem ir ao congelador também ajudam bastante a aliviar o incomodo dos novos dentinhos. Os brinquedos que podem ser recheados com petiscos e receitinhas ajudam a manter o interesse dos filhotes.

Brincar junto reforçando positivamente quando o peludo está mordendo o brinquedo ajuda a ensinar o que é certo!

Brincar junto reforçando positivamente quando o peludo está mordendo o brinquedo ajuda a ensinar o que é certo!

Além de deixar muitas opções para eles, é importante que haja interação. O ideal é que todos os que convivem com o pet o estimulem as mordidas no brinquedo, elogiando-o bastante quando ele estiver roendo o ossinho, por exemplo. E quando ele morder as mãos ou os móveis, diga um “não” firme e mostre que a brincadeira se encerra.

Treinamento

O treinamento exige tempo e paciência. Desde o início, não deixe seu cachorrinho mastigar suas mãos ou braços. Imediatamente após o seu cachorro te morder, é importante que ele saiba que as mordidas são algo errado. Pare de brincar imediatamente e saia do ambiente que ele está. Seu filhote em breve irá associar que quando ele te morde a diversão acaba e direcionará sua energia para os brinquedos. Comece este treinamento logo que você levar seu filhote para casa. Estabelecer limites nessa fase é tão importante quanto amá-los.

Não encare a mordida como brincadeira e diga "não" firme quando o filhote morder você.

Não encare as mordidas como brincadeira e diga “não” firme quando o filhote morder você.

Socialize seu cachorro

Além de brincar mordendo, os cães tendem a morder por medo e possessividade. Quando seu cachorro é filhote, reserve um tempo para socializá-lo e expor ele à uma variedade de pessoas, pets e experiências. Crianças, estranhos e novos cães podem ser imprevisíveis e assustadores para o seu cachorro. Aprenda os sinais corporais do seu cão, como dentes abertos ou orelhas em alerta, e evite colocá-lo em situações estressantes. Quanto mais cedo ele começar a conviver e interagir com outros cães e pessoas, mais tranquilo ele vai ser com relação ao novo.

Vale lembrar que o ideal é tirar do alcance do pet objetos possivelmente perigosos caso eles sejam roídos, como fios elétricos, objetos pontiagudos, ou ainda, muito atrativos a serem roídos, como almofadas, chinelos, sapatos etc. Levando em consideração esses detalhes, certamente essa fase de mordida será muito mais fácil, tanto para o filhote quanto para o dono.

Leia também:

Filhotes devem ser treinados

Como preparar a casa para receber o filhote

Nomes para Cães

Comentários

Lolita

Lolita

Mascote oficial do Pet shop Online Lolipet, sou uma misturinha de Husky Siberiano e Border Collie super querida por todos e muito esperta! Adoro brincar na praia, no parque, na lama e com a cachorrada toda! Sou uma cadela terapeuta e adoro dar carinho para quem precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *