Eles podem sim gostar do Veterinário! Com a sua ajuda fica muito mais fácil!
0

Veterinário: 5 maneiras de fazer seu cão amar o dele

Veterinários geralmente não são adorados por seus pacientes, a maioria dos pets sente medo só de pensar que estão indo para a clínica. Algumas atitudes suas podem ajudar a melhorar esse relacionamento.

Seu cão e o veterinário não se entendem? É comum que os cães tenham medo de veterinários. Ao examinar os pets, o médico precisa apertar, ouvir, sentir e essas “cutucadas” podem ser desagradáveis para o peludo. Mas, uma parcela dos cães adora ir ao veterinário, porque será? Muito disso parte da escolha do veterinário, e da postura do dono antes e durante a consulta. Separamos algumas formas de você fazer com que seu cão ame o veterinário.

1. Escolha o veterinário certo

Você tem um veterinário incrível? Escolher o veterinário certo pode ser um pouco trabalhoso, mas você deve levar em consideração a opinião do seu cão. Os membros da equipe e o veterinário adoram interagir com seu pet? Eles são amigáveis ​​e alegres com os animais de estimação e pessoas? Acima de tudo, eles realmente querem conhecer seu cão e deixá-lo confortável? Se não, você deveria procurar um novo veterinário.

Escolher o Veterinário certo é trabalhoso, mas vale a pena! É importante considerar se o pet gosta das pessoas que irão cuidar dele.

Escolher o Veterinário certo é trabalhoso, mas vale a pena! É importante considerar se o pet gosta das pessoas que irão cuidar dele.

2. Acostume o seu cão a ser manipulado por outras pessoas

Muitos cães não gostam de ser manuseados por um estranho, especialmente se não forem bem socializados desde filhotes. É ainda pior se o tipo de manipulação for pouco familiar. Você pode começar a fazer pequenas coisas em casa para acostumar seu cão à sensação de um exame veterinário. Primeiro, dê uma olhada no processo de um exame veterinário básico. Em seguida, conduza sua própria versão em casa. Se o seu cão se acostumar a ser tocado e manipulado de maneiras incomuns, ele pode ser mais amigável com um estranho. Ele provavelmente aceitará ainda mais se você cuidadosamente e gradualmente apresentá-lo aos estranhos – veterinário e sua equipe.

3. Visite o Veterinário socialmente

Geralmente você leva o seu cão para o veterinário para consultas e check-up. Experimente fazer visitas “sociais” sem motivo de consulta, só para o seu cão receber um carinho do Vet e sua equipe e socializar com eles. Dessa forma, o cão pode associar aquele ambiente e aquelas pessoas à coisas agradáveis para ele.

Visitar o Vet socialmente é muito legal para o Cãozinho se acostumar com o ambiente e as pessoas e fazer novas associações à elas.

Visitar o Vet socialmente é muito legal para o Cãozinho se acostumar com o ambiente e as pessoas e fazer novas associações à elas.

Leve seu cachorro para um passeio de carro ou caminhe até a clínica. Fique animado com isso e recompense seu cão por ficar um pouco animado ou estar calmo e relaxado. Se a reação do seu cão for positiva, entre na clínica, converse com a recepcionista e equipe ali presente. Todos devem estar calmos, certificando-se de não sobrecarregar o seu cão. Se você perceber que seu cachorro está ficando nervoso, é hora de sair. As primeiras vezes que você for fazer isso, pode ser algo simples como dar uma volta na recepção por alguns segundos.

4. Ofereça guloseimas deliciosas

Se o seu cachorro é como a maioria dos cães, ele adora comida. Leve os petiscos favoritos dele toda vez que for ao veterinário. Deixe o veterinário oferecer alguns também. Muitos veterinários guardam petiscos valiosos como manteiga de amendoim e biscoitos de carne para cães que precisam de mais incentivo. Dê pequenas quantidades de petiscos e não ofereça tudo de uma vez, para manter seu cão motivado, mas, sem exagerar na dose. A última coisa que você quer é outra ida ao veterinário por consequência desse excesso. (Veja receitas caseiras de biscoitos para cães aqui.)

Eles amam petiscos, e seguindo o adestramento positivo, é válido carregar os biscoitos favoritos do pet para oferecer quando ele se comportar bem na consulta!

Eles amam petiscos, e seguindo o adestramento positivo, é válido carregar os biscoitos favoritos do pet para oferecer quando ele se comportar bem na consulta!

5. Mantenha-se calmo e relaxado

Seu cão é profundamente intuitivo sobre suas emoções graças ao vínculo que vocês compartilham. Seus próprios sentimentos de ansiedade, estresse ou medo podem ser facilmente percebidos pelo seu cão. Seu cão sente isso e acha que ele tem uma razão válida para ficar do mesmo jeito.

Para evitar isso, tente se manter calmo e otimista antes e durante as visitas ao veterinário, independentemente de como o seu cão agir. Por mais difícil que isso pareça, tente evitar o reforço do medo, estresse ou ansiedade do seu cão. Acredite ou não, acariciar e “proteger” seu cão nervoso, na verdade, reforçará suas emoções. Em vez disso, mantenha a compostura, agindo de forma positiva e otimista. Faça o máximo esforço para ignorar o comportamento de medo/ansiedade. Se você agir como se estivesse tudo bem, seu cão pode receber a mensagem!

Não reforce a ansiedade e medo do seu cão tentando acalmá-lo, o correto é ignorar e agir com otimismo para tranquilizar verdadeiramente o pet.

Não reforce a ansiedade e medo do seu cão tentando acalmá-lo, o correto é ignorar e agir com otimismo para tranquilizar verdadeiramente o pet.

No entanto, alguns cães têm tanto medo ou ansiedade no veterinário que nada que você faz pode ajudar. Estes cães podem até precisar de medicamentos para lidar com visitas ao veterinário. Se isso é familiar para você, considere trabalhar com um adestrador para corrigir essa reação do pet. Nesses casos é válido procurar um veterinário que faça visitas domiciliares.

 

Mais uma vez a socialização tem papel importante num problema comum em cães. Socializar desde filhote é fundamental para que o peludo cresça familiarizado com pessoas, barulhos, sensações.

E o seu cãozinho? Gosta ou não gosta de ir no Vet?

Comentários

Lolita

Lolita

Mascote oficial do Pet shop Online Lolipet, sou uma misturinha de Husky Siberiano e Border Collie super querida por todos e muito esperta! Adoro brincar na praia, no parque, na lama e com a cachorrada toda! Sou uma cadela terapeuta e adoro dar carinho para quem precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *