Férias são uma delícia, mas para quem tem pets, eles devem ser levados em consideração e entrar no planejamento, com antecedência.
0

Férias: Dicas e Cuidados com os Pets

As Férias escolares chegaram e com ela vêm as viagens em família, mas, antes de planejar qualquer coisa, se você tem um pet em casa é preciso definir algumas coisas. Vem saber mais!

Vai aproveitar as férias escolares para viajar em família? Se você tem um pet em casa, algumas coisas devem ser planejadas antes mesmo do roteiro. O que fazer com seu pet? Ao programar suas férias, de preferência com pelo menos dois meses de antecedência, a primeira decisão deve ser se o pet vai com a família ou se vai ficar.

Se o peludo NÃO for viajar com a família:

Se optar por deixar o pet, a escolha de um bom hotel para cães pode ser uma ótima opção, mas esses estabelecimentos precisam ser reservados com antecedência, já que os melhores costumam lotar nessa época. Ao escolher o hotelzinho, verifique se o que está avaliando oferece atividades de lazer para que os peludos fiquem entretidos. É fundamental verificar se o hotel exige vacinação, vermifugação e aplicação de antiparasitário. Isso garante que qualquer hóspede estará protegido, evitando a transmissão de doenças de um animal para o outro.

Caso opte por não levar o pet na viagem, escolha um bom hotel para cães ou garanta que alguem de confiança cuide dele em casa na sua ausência.

Caso opte por não levar o pet na viagem, escolha um bom hotel para cães ou garanta que alguém de confiança cuide dele em casa na sua ausência.

Se a opção for deixar o animal em casa, é importante entrar em contato com alguém de confiança da família, que será o responsável por cuidar dos pets, fornecendo a ração nos horários corretos, saindo para passear e mantendo à disposição água sempre fresca. Essa opção só deve ser escolhida caso o pet já tenha o costume de ficar sozinho em casa, nem que seja por algumas horas. E é importante também preparar a casa, enriquecer o ambiente para manter o peludo ocupado e tranquilo!

Se o peludo for viajar com a família:

Se o pet vai viajar com a família, saiba que o planejamento deve ser feito com pelo menos 60 dias de antecedência, principalmente em caso de viagens internacionais. O animal deve estar vacinado e alguns países exigem a sorologia contra a raiva, ou seja, um teste que comprova que a vacina de raiva estimulou no animal a produção dos anticorpos e ele, de fato, está protegido contra a doença. Como esse exame só pode ser realizado 30 dias após a vacinação, não dá para deixar a imunização para a última hora.

Viagem de férias em família é uma delícia, se for com os pets junto então, melhor ainda, mas alguns cuidados precisam ser tomados com antecedência!

Viagem de férias em família é uma delícia, se for com os pets junto então, melhor ainda, mas alguns cuidados precisam ser tomados com antecedência!

A aplicação de um microchip para identificação do animal também pode ser necessária. O passaporte animal já está sendo emitido e para isto é preciso que o pet esteja microchipado. Um atestado de saúde emitido pelo veterinário também é crucial para que seja autorizada a viagem de avião. Os documentos necessários para levar o animal devem ser conferidos junto ao Ministério da Agricultura (nos aeroportos) e no consulado do país de destino. A caixa de transporte para viajar de avião deve ser escolhida com cuidado, pois muitas não são adequadas. As versões mais indicadas têm aberturas laterais e frontais para a circulação do ar e não podem ser desmontáveis.

Para viagens de carro, para o litoral e o interior, vale lembrar que esses locais costumam ter pernilongos e algumas doenças são transmitidas por esses vetores. Consulte o seu médico veterinário de confiança para que o animal receba uma medicação preventiva com pelo menos 30 dias antes da viagem. A mesma medicação deverá ser ministrada 30 dias após a viagem para completar a proteção.

Viagens de avião exigem ainda mais planejamento!

Viagens de avião exigem ainda mais planejamento!

Outros Cuidados:

A aplicação de antipulgas e carrapatos também é necessária. E não se esqueça do protetor solar próprio para cães. Existem produtos especiais para os animais com sabor amargo que evitam que o bicho lamba e retire a loção. Deve ser aplicado nas regiões mais expostas ao sol,  como pontas de orelhas, focinho e barriga. Animais brancos devem ter cuidado redobrado por serem mais propensos ao câncer de pele.

Se for para algum lugar com mar, piscina ou rio que o pet vá entrar, se ele já estiver acostumado a nadar, e não tiver medo é mais tranquilo. Caso o peludo nunca tenha entrado na água, é legal apresentar de maneira amigável para que ele não se assuste! Uso de coletes salva-vidas garantem a segurança e brinquedos que flutuam são super divertidos para esses momentos refrescantes!

Quando for pensar em férias, é imprescindível inserir o seu filho peludo na lista. O planejamento deve iniciar cedo para que todas as medidas possam ser tomadas sem pressa e com muito cuidado. Assim, você e sua família poderão curtir com segurança esse momento tão especial. Boas férias!

Fonte: Saúde Abril

Comentários

Lolita

Lolita

Mascote oficial do Pet shop Online Lolipet, sou uma misturinha de Husky Siberiano e Border Collie super querida por todos e muito esperta! Adoro brincar na praia, no parque, na lama e com a cachorrada toda! Sou uma cadela terapeuta e adoro dar carinho para quem precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *